Ricardinho deixa comando do Avaí após derrota em casa

A sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terminou com mais um técnico desempregado. Ricardinho não suportou a terceira derrota seguida do Avaí, na noite desta terça-feira, e entregou o cargo depois do tropeço diante do América-MG, por 2 a 1, de virada, no Estádio da Ressacada. A decisão foi tomada por ele próprio e acatada pela diretoria.

AE, Agência Estado

12 de junho de 2013 | 09h13

Logo depois da derrota, o técnico, que foi bastante criticado pela torcida, compareceu na sala de imprensa para anunciar seu desligamento. O treinador agradeceu aos jogadores e todos os profissionais do clube, mas lembrou que são os resultados que definem a continuação ou não de um trabalho.

"Queria agradecer aos jogadores, que se dedicaram durante todo esse tempo, queria agradecer a todos do Avaí pelos momentos que passei aqui no clube. Infelizmente futebol é assim. Futebol vive de resultados e neste momento eu tomei essa decisão e comuniquei ao comando do clube", afirmou Ricardinho.

Agora, o clube já começa a trabalhar em cima de alguns nomes para a sequência da Série B. Agora, o Avaí terá quase um mês para colocar a casa em ordem por causa da pausa para a realização da Copa das Confederações. O time, que tem apenas sete pontos e é o 13.º colocado, volta a campo apenas no dia 6 de julho, contra o São Caetano, às 16h20, no Anacleto Campanella, pela sétima rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAvaíRicardinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.