Ricardinho, ex-Corinthians, acerta com equipe do Catar

Jogador de 31 anos trabalhará no Al Rayaan, time comandado pelo técnico brasileiro Paulo Autuori

Agência Estado,

15 de maio de 2008 | 18h16

O meia Ricardinho - que fez sucesso no Corinthians, participou da campanha do penta em 2002, mas fracassou no São Paulo - acertou, nesta quinta-feira, onde jogará nos próximos dois anos. Será no Al Rayaan, do Catar, que é comandado pelo técnico brasileiro Paulo Autuori, campeão da Copa Libertadores com Cruzeiro e São Paulo e do Mundial de Clubes da Fifa com o time do Morumbi. Com 31 anos - completará 32 na próxima semana -, Ricardinho estava atuando pelo Besiktas, da Turquia, que terminou o campeonato nacional na quarta colocação. Lá, jogou 72 partidas e fez 12 gols. O meia assinou contrato por dois anos, que começará a valer a partir do próximo dia 1.º de julho. O entusiasmo para sua primeira experiência no Oriente Médio é grande. "É um prazer muito grande jogar no Catar, um país onde o futebol está crescendo bastante e que hoje conta com profissionais do mais alto gabarito como o Paulo Autuori", afirmou. Após ser apresentado oficialmente ao novo clube, Ricardinho volta ao Brasil para descansar e arrumar a mudança para o Catar. "Hoje eu estou em Doha (capital do Catar), onde realizei os exames médicos. Volto para o Brasil até o final desta semana, onde fico com a minha família para poder descansar um pouco e, depois, me integro ao elenco do Al Rayyan", disse. Na carreira, o meia ganhou vários títulos por Corinthians, Paraná, Santos e Besiktas. O fracasso aconteceu no São Paulo, logo após a Copa do Mundo de 2002. Não ganhou nada, foi vaiado pela torcida e discriminado por companheiros de time por causa de seu alto salário.

Tudo o que sabemos sobre:
RicardinhoAl Rayyan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.