Ricardinho segue de molho no São Paulo

O médico Marco Aurélio Cunha deu uma notícia sábado nos vestiários de Ribeirão Preto uma notícia que já se tornou rotina no São Paulo: ?Ricardinho não vai jogar. Ele ainda não terá condições físicas de enfrentar o Fortaleza. Nós iremos fazer tudo para tentar recuperá-lo diante do Vasco no próximo final de semana?, assegurava, Cunha, sem ter certeza. O meia ainda se ressente da fibrose na coxa esquerda. A fibrose se formou depois do rompimento do múscula na coxa de Ricardinho. Além da contusão, o ex-jogador do Corinthians está com direitos de imagens e luvas atrasados. O São Paulo lhe deve mais de R$ 1,5 milhão. A dívida será acertada com a venda de Kaká ao Milan. Os dirigentes do São Paulo irão mudar o comportamento em relação a Ricardinho. Com a saída de Kaká, o meia será muito mais cobrado. ?O Ricardinho pelo seu futebol e sua experiência será importante demais para o nosso futuro no Brasileiro. Precisamos dele. Isso é claro?, destaca Rogério Ceni, o capitão do time. Contundido e com dinheiro a receber, Ricardinho estava fugindo até de entrevista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.