Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Ricardo Gomes admite dificuldades, mas promete luta

Treinador do São Paulo pede reação ao elenco para vencer por dois gols de diferença na Vila Belmiro

AE, Agência Estado

13 de abril de 2010 | 12h52

O técnico Ricardo Gomes admitiu nesta terça-feira que o São Paulo terá dificuldades para reverter a vantagem do Santos na segunda partida das semifinais do Campeonato Paulista, mas prometeu que o time vai lutar até o fim do duelo do próximo domingo, na Vila Belmiro.

Veja também:

linkLéo e Washington são liberados pelo TJD para o 2.º jogo

Com a derrota por 3 a 2, o São Paulo tem que vencer o segundo duelo por dois gols de diferença, já que o Santos tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais por ter realizado campanha melhor na primeira fase. "É um jogo que o Santos tem uma boa vantagem, mas vamos brigar até o fim. Até o último minuto. Temos nossas forças. Reconhecemos a força do Santos. Vitória pode dar moral ao grupo", disse.

Ricardo Gomes ressaltou que o São Paulo reagiu depois de estar perdendo por 2 a 0 para o Santos, mesmo estando com dez jogadores, já que o meia Marlos havia sido expulso. "A vantagem poderia ser maior, quando foi para o intervalo. Mas recuperamos e vou trabalhar em cima disso", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.