Ricardo Gomes admite dificuldades para escalar Vasco

Para o treinador, há muitos jogadores atuando bem e merecendo oportunidade na equipe

AE, Agência Estado

15 de abril de 2011 | 19h41

RIO - Ricardo Gomes vive um agradável problema à frente do Vasco. Muitos bons nomes para escalar e pouco espaço entre os titulares. Para a partida contra o Olaria, no domingo, muito importante para a definição dos cruzamentos da semifinal, o técnico vascaíno pelo menos vê uma vaga se abrir na equipe. O atacante Alecsandro, assim como o lateral Ramon, está pendurado e será poupado.

"Tem muita gente jogando bem e merecendo oportunidade, mas o importante é que eles entendem que eu só posso escalar onze. Ainda tem a possibilidade do Juninho vir. Ele é muito bem vindo, mas a dor de cabeça vai aumentar ainda mais", comentou Gomes, sobre a possibilidade de contar com Juninho Pernambucano.

Mas isso é mais para o futuro. De imediato, o treinador precisa definir o substituto de Alecsandro. O mais cotado é Bernardo, que vive grande fase mesmo entrando no decorrer da partidas e é o artilheiro da equipe com sete gols. 

Com a entrada do meia, Diego Souza seria adiantado para o ataque. "No banco ou como titular, está de bom tamanho. Eu só quero poder jogar e contribuir com a equipe sempre que possível", disse Bernardo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoRicardo Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.