Luciano Belford/SSPress
Luciano Belford/SSPress

Ricardo Gomes admite vacilos, mas afirma que Botafogo é competitivo

Equipe carioca perdeu para Paysandu em casa neste domingo

Estadão Conteúdo

23 de agosto de 2015 | 17h01

Com tranquilidade após a derrota do Botafogo para o Paysandu por 3 a 2, no estádio do Engenhão, o técnico Ricardo Gomes defendeu sua equipe contra a ira da torcida e afirmou na coletiva após o confronto que seu time é competitivo. Além disso, o treinador do Botafogo aproveitou para criticar a arbitragem, que teria sido uma das responsáveis pela derrota de sua equipe.

"Perdemos, mas jogamos futebol. É claro que tivemos erros defensivos. Foram três vacilos. Temos que melhorar. Mas no primeiro tempo tivemos chances claras e não concluímos bem", declarou o treinador. "É claro que estou triste, mas jogamos futebol. O Paysandu é um time organizado e padronizado. São situações do futebol. Jogamos bem, mas tivemos nossos erros defensivos e por isso não ganhamos. (A vaia) Faz parte do futebol. Foi uma "homenagem", agradeço", revelou o treinador, em referência ao coro da torcida, quando parte dos 23 mil torcedores que foram ao Engenhão o chamaram de burro após a saída de Neilton.

Com relação à arbitragem, o técnico defende que dois pênaltis não foram marcados em favor do Botafogo. Neilton e Luis Henrique se envolveram em lances polêmicos. Apesar disso, Ricardo Gomes não enxergou o resultado de 3 a 2 como injusto. "Foram dois pênaltis. Um no Neilton, outro no Luis Henrique. Mas não existe a palavra injustiça no futebol. Isso é coisa do jogo", afirmou. "Mas com o pênalti no Luis Henrique empataríamos o jogo", reforçou o técnico.

O treinador fez questão de ressaltar também que vai trabalhar muito o sistema defensivo para as próximas partidas. "Vamos trabalhar durante a semana. Não é só o Carleto, é todo o sistema defensivo. Vamos trabalhar e padronizar nossa defesa. Vai melhorar", salientou o técnico. "Foi todo o lado esquerdo: Diego Giaretta, Carleto e Serginho. Estamos começando um trabalho. Isso tem um peso", completou Ricardo Gomes.

O Botafogo só volta a entrar em campo na próxima sexta-feira para enfrentar o CRB, em Maceió, pela 21ª rodada da Série B. A derrota deste sábado manteve o time de Ricardo Gomes na vice-liderança da competição.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BBotafogoRicardo Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.