Hélvio Romero/AE - 25/11/2009
Hélvio Romero/AE - 25/11/2009

Ricardo Gomes aposta em evolução do elenco do São Paulo

Com nove reservas em campo, ele gostou do desempenho do time no empate por 1 a 1 contra o Mirassol

estadao.com.br,

21 de janeiro de 2010 | 10h36

Apesar do empate sofrido por 1 a 1 com o Mirassol nessa quarta-feira, Ricardo Gomes viu pontos positivos no seu elenco do São Paulo. O técnico acredita que o time ainda vai ganhar entrosamento no Campeonato Paulista e, principalmente, na Copa Libertadores e ficar mais próximo do que atuou durante parte do segundo tempo.

 

Veja também:

linkApós empate, Richarlyson critica torcida

linkJOGO - Leia como foi Mirassol 1x1 São Paulo 

especial QUIZ - Você sabe tudo sobre o Paulistão?

lista RESULTADOS / tabelaCLASSIFICAÇÃO

"A gente estava em uma situação complicada, eram muitos jogadores que nunca tinham atuado juntos, mas o nosso segundo tempo foi bom", explicou Ricardo Gomes. "Tivemos mais uma cara de time, conseguimos trocar passes e criar jogadas. Os atletas não ficaram olhando um para cara do outro", completou.

 

O São Paulo preferiu deixar nove de seus titulares de fora da partida para que eles aprimorassem a parte física. Pagou o preço de um time que apenas tocava a bola de lado e não criava oportunidades. O gol salvador veio já aos 44 minutos do segundo tempo, em boa jogada individual de Richarlyson.

 

E o técnico Ricardo Gomes também aproveitou para defender o planejamento da comissão técnica. Ele entende que os jogadores devem seguir nesse esquema de rodízio até o início da Copa Libertadores, em 10 de fevereiro, contra Monterrey (MEX), no Morumbi.

 

"Iríamos nos enganar com melhores resultados, mas perderíamos no trabalho lá na frente. Vamos continuar colocando os titulares uma vez por semana", explicou Ricardo Gomes.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.