Filipe Araújo/AE
Filipe Araújo/AE

Ricardo Gomes confirma São Paulo no esquema 4-4-2

Ele abandona o 3-5-2, o preferido do ex-comandante Muricy Ramalho, e diz que pretende evitar improvisações

Agencia Estado

26 de junho de 2009 | 17h15

O técnico Ricardo Gomes confirmou nesta sexta-feira a escalação do São Paulo no esquema 4-4-2, para o jogo com o Naútico, no sábado, abandonando dessa forma o 3-5-2, o preferido do ex-treinador do time, Muricy Ramalho, na campanha do tricampeonato brasileiro.

Veja também:

linkRogério Ceni volta ao gramado em treino do São Paulo

linkDagoberto desfalca o São Paulo contra o Náutico

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Gomes avisou que quer evitar improvisações na equipe, apesar dos desfalques para a partida deste sábado. "Não quero improvisar. O André está suspenso, o Miranda, na seleção. Para este jogo com certeza faremos uma linha de quatro jogadores na defesa. No meio-campo ainda estamos pensando com qual desenho entraremos", revelou.

Mesmo sem a definição, o treinador já deu mostras de como deve escalar o meio-campo. Na quinta-feira, Eduardo Costa, Hernanes, Richarlyson e Marlos treinaram entre os titulares. "Ainda tenho dúvidas. O importante é que temos um grande meio, pois todos os atletas são ótimos jogadores", elogiou.

Apesar dos elogios, Ricardo Gomes pediu mais agressividade ao meio são-paulino. "O time precisa jogar mais vertical, pra ganhar tempo e espaço em campo. Por isso as mudanças estão mais centradas no meio. Os atacantes precisam receber mais bolas, participar mais do jogo, incomodar as defesas. É isso que procurei fazer nesses primeiros dias", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.