Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ricardo Gomes corre risco no Olímpico

O duelo desta quarta-feira entre Fluminense e Grêmio, às 21h45, no Estádio Olímpico, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil, pode ser o último do técnico Ricardo Gomes no comando da equipe carioca. Em caso de derrota, a situação do treinador no clube se complicará e a possibilidade de ele deixar o cargo é eminente. Após fazer as pazes com o atacante Edmundo, Romário é o seu novo problema. O atleta disse ter jogado futevôlei no sábado à tarde e saído à noite, na véspera do clássico com o Vasco. Durante a partida, sentiu dores na panturilha direita e deixou o campo com cinco minutos de jogo. A indisciplina de Romário deixou o treinador irritado. No embarque do time para Porto Alegre, Gomes afirmou que sempre condenou a falta de profissionalismo e prometeu que ?se tais atitudes voltarem a se repetir, deixará o clube?. ?Todo mundo tem de largar as vaidades de lado e pensar apenas no Fluminense. Acho que essa situação está começando a me desagradar. E para eu continuar no clube, não dá para ser dessa forma?, afirmou Gomes. Para se classificar às quartas-de-final da Copa do Brasil, o Fluminense tem que vencer a partida. O primeiro jogo, realizado noMaracanã, terminou empatado por 2 a 2. Caso o placar desta quarta seja igual, a decisão será nos pênaltis. Se houver igualdade em 0 a 0 ou 1 a 1, a vaga será do Grêmio. Problemas de contusão não faltam no Fluminense. Romário, Ramón e Edmundo estão contundidos. E o meia Roger é dúvida. Ele sofreu fraturas no nariz e na região da boca e terá de se adaptar ao uso de uma proteção facial. Se conseguir, será escalado. A solução, então, foi apostar nas jovens revelações das Laranjeiras, como aconteceu na vitória do Fluminense, por 1 a 0, sobreo Vasco ? a primeira de equipes cariocas no Campeonato Brasileiro. O atacante Rodrigo Tiuí, que sentia dores na coxa esquerda, treinou normalmente nesta quarta e vai ser escalado. O meia Thiago não esconde a ansiedade de atuar pela primeira vez no Estádio Olímpico. ?Nunca joguei lá, mas sei que é difícil. O time gaúcho tem forte pegada e não deixa o adversário ganhar. Chegou a nossa hora e temos que classificar o Fluminense.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.