Ricardo Gomes critica Botafogo e admite que 'já estava aceitando empate'

O Botafogo venceu o Bangu por 1 a 0, neste domingo à note, em São Januário, e garantiu classificação por antecipação às semifinais da Taça Guanabara, a segunda fase do Campeonato Carioca. Após o confronto, porém, o técnico Ricardo Gomes criticou a atuação da equipe alvinegra e reconheceu que já estava se conformando com um possível empate por 0 a 0, que só não aconteceu por causa do gol marcado por Rodrigo Lindoso aos 47 minutos do segundo tempo.

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2016 | 10h53

"No primeiro tempo jogamos bem até o último terço, mas com pouca gente na área. Voltei do intervalo com Luís Henrique e Ribamar. Já estava até aceitando o empate, quando veio o gol. Realmente os caras (do Bangu) estavam muito bem armados. No segundo tempo o Jefferson ficou se aquecendo. Não teve um ataque do Bangu, mas nós também não tivemos muitas oportunidades. Foi um jogo truncado", analisou o comandante.

Ricardo Gomes também fez questão de cobrar evolução da equipe na continuidade do Campeonato Carioca, no qual a equipe voltará a atuar apenas no próximo domingo, contra o Boavista, fora de casa, pela rodada final desta fase de grupos da Taça Guanabara.

"O que eu quero não é só a vitória. Queremos o bom rendimento. Essa é nossa busca a médio prazo. Não adianta ganhar no sufoco sem um rendimento satisfatório", enfatizou o treinador, que terá problemas para armar a sua equipe diante do Boavista - Fernandes deixou o jogo com o Bangu já no primeiro tempo por causa de dores na coxa e se tornou dúvida da equipe, enquanto Joel Carli cumprirá suspensão após levar o terceiro cartão amarelo.

Em compensação, Ricardo Gomes terá a volta do zagueiro Emerson, que está recuperado de lesão que o tirou das últimas três partidas do Botafogo. O treinador, por sua vez, minimizou o peso de possíveis desfalques contra o Boavista e já avisou que não irá poupar nenhum jogador, diferentemente do que fez com o próprio Emerson no último domingo. "Temos um elenco equilibrado. O Emerson volta. Eu poderia ter escalado o Emerson desde o início contra o Bangu, mas achei muito cedo", revelou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.