Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Por 'resultados decepcionantes', Bordeaux demite o diretor-geral Ricardo Gomes

Equipe francesa venceu apenas uma das últimas sete partidas na temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2019 | 17h19

O Bordeaux anunciou nesta terça-feira a demissão do brasileiro Ricardo Gomes. Diante dos "resultados decepcionantes" nesta temporada, o clube optou pela mudança e dispensou o ex-zagueiro da seleção brasileira, que vinha ocupando o cargo de diretor-geral.

"Notando os resultados decepcionantes do time profissional, a direção do Bordeaux, em acordo com Ricardo Gomes, decidiu encerrar seu trabalho como dirigente do clube. Ela expressou sua gratidão por seu comprometimento com o Bordeaux e por seu profissionalismo exemplar", informou em nota.

Em baixa, o Bordeaux venceu somente uma das últimas sete partidas na temporada e ocupa a 13.ª colocação do Campeonato Francês, com 32 pontos, bastante distante da briga por vaga nas competições europeias, mas também a 12 pontos da zona de rebaixamento. Não corre risco de cair.

Ricardo Gomes ficou pouco menos de seis meses no cargo. No início de setembro, ele deixou o posto de diretor executivo do Santos após somente três meses de trabalho para voltar à França. Ricardo Gomes já tinha uma passagem como técnico pelo Bordeaux entre 2005 e 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.