Nilton Fukuda/AE - 25/8/2011
Nilton Fukuda/AE - 25/8/2011

Ricardo Gomes deve deixar o CTI em 24 horas

Técnico do Vasco continua respondendo bem ao tratamento e deve ir para o quarto nesta segunda

estadão.com.br

11 de setembro de 2011 | 14h43

SÃO PAULO - O técnico Ricardo Gomes deve deixar o Centro de Terapia Intensivo (CTI) nas próximas 24 horas. Segundo o boletim médico divulgado neste domingo pelo Hospital Pasteur, no Rio de Janeiro, o quadro clínico do treinador continua apresentando melhoras e ele deve ser transferido para um quarto privado já na segunda-feira.

Ricardo Gomes sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) durante o clássico entre Flamengo e Vasco, no Engenhão, no dia 28 de agosto. Na mesma noite, o treinador passou por uma cirurgia de três horas para conter a pressão intracraniana. Desde então, ele tem respondido bem ao tratamento. 

Confira o boletim médico divulgado neste domingo:

Paciente Ricardo Gomes, 46, anos, vitima de um Acidente Vascular Encefálico (AVE), hemorrágico, internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI), do Hospital Pasteur.

O paciente permanece com estabilidade clínica e neurológica. A interação dele com os familiares e os profissionais de saúde a cada dia evolui mais. Ricardo Gomes prossegue com o trabalho intenso de fisioterapia motora, respondendo muito bem ao tratamento. Ele continua sem gravidade e, também mantém as sessões de fonoaudiologia.

A previsão de alta do CTI para um quarto privativo é para as próximas 24 horas. As reavaliações são realizadas constantemente e modificações do quadro serão notificadas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRicardo GomesVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.