Vitor Silva|Divulgação
Vitor Silva|Divulgação

Ricardo Gomes deve ser anunciado neste sábado pelo São Paulo

Treinador não quer sair brigado por ter sentimento de gratidão com Botafogo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

12 Agosto 2016 | 23h47

Ricardo Gomes deve ser anunciado neste sábado como novo técnico do São Paulo. O treinador aceitou a oferta feita pela diretoria da equipe paulista e deixou o Botafogo. Coincidentemente as duas equipes se enfrentam no domingo, às 16h15, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Nesta sexta-feira, o treinador acertou todos os detalhes com o São Paulo e conversou com a diretoria do Botafogo para explicar os motivos de sua saída, pois a intenção é evitar sair com a imagem arranhada.

O treinador não quer sair brigado, já que tem um sentimento de gratidão pelo clube, que o contratou após ele sofrer um AVC, em 2011, quando treinava o Vasco. Entretanto, Ricardo Gomes está incomodado com a falta de reforços e também com o fato da diretoria não ter cumprido com ele o combinado.

Em maio, o Cruzeiro tentou sua contratação. O Botafogo pediu para que ele ficasse e em troca lhe daria um aumento salarial e colocaria uma multa no contrato, para o caso de uma das partes decidirem rescindir o vínculo. De fato, ele teve um acréscimo nos honorários, mas a multa ficou apenas na palavra, algo que o incomodou, pois caso fosse demitido, provavelmente não receberia o valor que é por volta de R$ 1 milhão.

O Botafogo, inclusive, tentou receber esse dinheiro para liberá-lo, mas Ricardo Gomes convenceu os dirigentes de que o clube não teria direito a receber a quantia, já que o novo contrato não foi oficializado.

Além disso, o treinador estava incomodado com a falta de reforços e com a fragilidade do time carioca, que ocupa neste momento a 17.ª colocação do Brasileiro.

O fato é que Ricardo Gomes deixa o clube carioca, onde foi campeão da Série B do ano passado para voltar ao São Paulo, onde trabalhou entre 2009 e 2010 e deixou boa impressão. Sob o seu comando, a equipe tricolor ficou em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de 2009 e foi semifinalista na Libertadores do ano seguinte.

Apesar do acerto, o São Paulo será comandado amanhã por André Jardine, técnico do time Sub-20. Ele já dirigiu a equipe de forma interina contra o Santa Cruz e venceu por 2 a 1. Os jogadores falaram ao longo da semana que torciam pela efetivação de Jardine e a diretoria chegou a cogitar a possibilidade, mas acham que é muito cedo para lhe dar uma oportunidade. Já o Botafogo, deve ir atrás de Milton Mendes, que estava no Santa Cruz, para o lugar de Ricardo Gomes.

Só assistindo. Ricardo Gomes deve ir ao Morumbi, mas não ficará em nenhum dos banco de reservas. Ele deve se instalar em um camarote, assistindo a partida e a tendência é que na segunda-feira ele seja apresentado. Ele chega junto com seu auxiliar, Luis Octávio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.