Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Ricardo Gomes diz achar natural protestos da torcida

Treinador do São Paulo recebe vaias e é chamado de 'burro' em jogo contra o Once Caldas, no Morumbi

AE, Agência Estado

22 de abril de 2010 | 10h38

O São Paulo venceu o Once Caldas por 1 a 0 e garantiu a primeira colocação do Grupo 2 da Libertadores, mas nem tudo foi motivo para festa no Estádio do Morumbi. Apesar do triunfo, o técnico Ricardo Gomes foi alvo de reclamações dos torcedores, insatisfeitos com uma substituição.

Veja também:

linkSão Paulo vence o Once Caldas por 1 a 0 e se classifica na Libertadores

blog BATE-PRONTO: Filme começa a se repetir no Morumbi

tabela LIBERTADORES: Classificação

som Ouça os gols no Território Eldorado

No início do segundo tempo, o técnico Ricardo Gomes trocou o atacante Fernandinho, autor do único gol da partida, pelo volante Jean. O treinador, porém, minimizou os protestos da torcida e justificou a sua alteração, dizendo que a sua ideia era reforçar o meio-de-campo são-paulino.

"É natural esta reação do torcedor quando vê um volante entrando no lugar do atacante. Temos de fazer o melhor para o time. O meio de campo estava indo embora depois do bom primeiro tempo", explicou Ricardo Gomes. Pouco depois, porém, o São Paulo passou a ter dois atacantes em campo, com a entrada de Washington no lugar de Jorge Wagner.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.