Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Ricardo Gomes diz que briga pelo título está aberta

Treinador do São Paulo afirma que cinco ou seis equipes ainda vão lutar para conquistar a taça do Brasileirão

Agencia Estado

30 de agosto de 2009 | 20h50

O empate sem gols com o rival Palmeiras em casa e a queda para a quarta posição da tabela não desanimaram Ricardo Gomes. Para o técnico do São Paulo, a briga pelo título do Campeonato Brasileiro ainda está aberta.

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi São Paulo 0x0 Palmeiras 

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com o resultado deste domingo, o São Paulo soma 37 pontos, quatro a menos que o líder Palmeiras. "Quatro pontos não é uma grande diferença. Dependemos do tropeço do Palmeiras, mas a diferença é válida porque ninguém vai ganhar todas as partidas. Muita coisa vai acontecer até o final do campeonato", previu o treinador.

Na avaliação de Ricardo Gomes, a disputa na ponta da tabela ainda está longe do fim. "Essa briga pelo título não vai envolver apenas estas duas equipes, mas pelo menos cinco ou seis".

Ao falar sobre o clássico deste domingo, o técnico deixou claro que não ficou satisfeito com o desempenho da sua equipe. "Não foi um bom jogo, foi muito tenso, com erros e equilíbrio. Esperava algo diferente. Tinha o fator psicológico do retorno do Muricy, mas o cenário poderia se modificar com um gol ou outro", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.