Arte/estadão.com.br
Arte/estadão.com.br

Ricardo Gomes está fora do São Paulo

Contrato do técnico não é renovado após eliminação da Copa Libertadores; dirigentes procuram substituto e não descartam nomes; Milton Cruz assume interinamente o comando do time

ANDRÉ AVELAR, estadão.com.br

06 Agosto 2010 | 15h46

SÃO PAULO - Ricardo Gomes  não é mais o técnico do São Paulo. Após a eliminação na Copa Libertadores, a diretoria decidiu nesta sexta-feira, pela não renovação do contrato que se encerraria oficialmente no final de agosto. Homens fortes do clube garantiram que nenhum novo nome foi confirmado ou descartado.

Veja também:

link'Faltou o título', se justifica Ricardo Gomes

blog BATE-PRONTO - Vote e opine: quem deve assumir o São Paulo?

video TV Estadão - São Paulo com chance de título

linkTriste e abatido, Hernanes se despede do São Paulo

linkRogério Ceni chora por mais uma queda na Libertadores

linkJOGO - Leia como foi São Paulo 2x1 Internacional

Por enquanto, para a partida deste domingo, às 18h30, pelo Campeonato Brasileiro, o auxiliar Milton Cruz comanda o time que vai a Curitiba enfrentar o Atlético Paranaense.

"Buscamos um técnico compatível com a grandeza do São Paulo. Claro que a gente pretende alguém minimamente experiente para suportar o trabalho", disse Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, vice-presidente do clube.

Questionado sobre a possibilidade de Dunga (ex-seleção brasileira), Paulo Silas (Grêmio), Sérgio Baresi (categorias de base do São Paulo) ou até Diego Maradona (ex-seleção argentina) assumir o time, João Paulo de Jesus Lopes brincou. "O Dunga já foi até anunciado. Se apresentaria em uma segunda-feira passada aí. O importante é não entrar em um processo de adivinhação", disse o diretor de Futebol.

Enquanto esteve na equipe do Morumbi, Ricardo Gomes dirigiu o time em 73 oportunidades - 38 vitórias, 15 empates e 20 derrotas. Ele recebeu a notícia da não renovação por telefone e já não apareceu no treino desta sexta no CCT da Barra Funda.

Atualizado às 16h31 para acréscimo de informações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.