Alexandre Loureiro/Divulgação - 28/6/2011
Alexandre Loureiro/Divulgação - 28/6/2011

Ricardo Gomes já acompanha o Vasco, diz interino Cristóvão Borges

Treinador está afastado do futebol desde 28 de agosto, quando sofreu um AVC

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2011 | 14h37

RIO - O técnico Ricardo Gomes está afastado do futebol desde o dia 28 de agosto, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). De lá para cá, ele foi internado, correu risco de morte, passou pelo Centro de Tratamento Intensivo (CTI), até finalmente receber alta, no último domingo. Mesmo diante de todas estas dificuldades, o treinador segue acompanhando o Vasco, mesmo que à distância.

"Todos os dias faço uma visita na casa do Ricardo. Ele está muito bem e acompanha tudo o que acontece. Conversa, brinca e ri bastante. Aconteceu até uma cena engraçada há dois dias. Ele viu aquele gol que o Diego Souza perdeu contra o Figueirense e colocou a mão na cabeça", disse o interino Cristóvão Borges, nesta quarta-feira.

O lance comentado por Cristóvão aconteceu no empate por 1 a 1 diante do Figueirense, no dia 11 de setembro. O interino revelou que pediu para Diego Souza se redimir com o treinador, que segue sob cuidados médicos em casa. "Contei o momento engraçado para o Diego e falei que ele tinha que se redimir. Ele pagou a dívida no jogo seguinte, contra o Grêmio", afirmou, citando a grande atuação do meia na vitória da equipe no último sábado.

Ricardo Gomes sofreu o AVC durante o empate por 0 a 0 entre Vasco e Flamengo pelo Campeonato Brasileiro. No mesmo dia, o técnico passou por uma cirurgia de risco para a drenagem do sangue no cérebro e passou 21 dias internado, entre CTI e quarto particular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.