J. F. Diório/AE
J. F. Diório/AE

Ricardo Gomes minimiza irregularidade do São Paulo

Treinador afirma que a instabilidade da equipe é decorente da prioridade dada à LIbertadores

AE, Agência Estado

26 de março de 2010 | 13h33

A derrota para o Bragantino por 1 a 0 encerrou uma sequência de cinco vitórias do São Paulo e uma invencibilidade de sete jogos. Depois do tropeço, a qualidade da equipe e de suas atuações voltaram a ser questionadas. O técnico Ricardo Gomes minimizou a situação e ressaltou que o time do Morumbi está em boa situação na Libertadores e no Campeonato Paulista.

Veja também:

linkWashington vê Ronaldo mais motivado para clássico

"Quem prioriza competição pode ter dificuldades. Priorizamos a Libertadores e lideramos o grupo. E estamos dentro dos quatro [está em terceiro lugar] do Paulistão. Isso explica essa irregularidade", afirmou o treinador são-paulino, em entrevista à TV Bandeirantes.

Ricardo Gomes garantiu que o São Paulo já tem uma base definida para a temporada e prometeu que o time vai evoluir. "O Fernandinho e o Cicinho não estão em forma. Temos uma base clara, com 13, 14 jogadores, já que os dois ainda vão melhorar muito. Isso é normal, mesmo estando em março. O Souto ficou três semanas afastado, o Cléber chegou há pouco tempo. No fim de março vamos estar melhores", disse.

O treinador, porém, reconheceu que a derrota para o Bragantino deixou o São Paulo pressionado para a reta final da primeira fase do Paulistão. "Olhando para tabela, a derrota não caiu bem porque perdemos uma gordura pra administrar, ainda com uma viagem para o México [a equipe enfrenta o Monterrey na próxima quarta-feira pela Libertadores] nesse momento", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.