Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE

Ricardo Gomes pode ter alta do hospital nesta terça-feira

Esta é a expectativa do médico do São Paulo sobre o técnico, que não ficará com sequelas da vasculite

André Avelar, estadao.com.br

22 de fevereiro de 2010 | 17h55

O técnico Ricardo Gomes deve sair do hospital nesta terça-feira. Esta é a expectativa do médico do São Paulo, José Sanchez, após os exames no São Luís, onde está internado por causa de uma vasculite (inflamação de vaso sanguíneo) desde a noite de domingo, quando começou a se sentir mal. Ele está bem, mas requer cuidados.

Veja também:

linkHernanes avisa: 'Futebol não combina com tristeza'

linkRicardo Gomes tem vasculite e fica duas semanas fora

linkRenato Silva e Cicinho viram preocupações no São Paulo

video TV ESTADÃO - Hernanes fala da dificuldade de organização

"A alteração que ele [Ricardo Gomes] tem agora é uma dormência e deve melhorar com o passar dos dias. Não ficará com sequelas motoras e nem esse formigamento continuará", resume Sanchez, que descarta completamente o termo AVC (acidente vascular cerebral) para o caso do treinador.

O prazo para a volta dele às atividades com o time é de 3 a 4 semanas. "No período que ele deve ficar afastado a intenção é que seja total, mas isso é impossível para ele, porque está envolvido com o time. Mas vai ficar em casa e quem sabe até mudar este prazo", resume o médico.

Com a recomendação de relaxamento, é inevitável que se questione: ele poderá assistir ao jogo do São Paulo na quinta, contra o Once Caldas, pela Copa Libertadores? "Se eu puder dar um conselho para ele, toma um relaxante e vai dormir", reforça Sanchez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.