Ricardo Gomes quer Vasco em 'temperatura alta' na final da Taça Rio

'Tranquilo em uma final não dá certo. Precisa entrar com garra, determinação', afirmou o técnico

AE, Agência Estado

28 de abril de 2011 | 10h43

Em boa fase na temporada, o Vasco garantiu, na última quarta-feira, a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, com o empate por 0 a 0 com o Náutico. O resultado daria tranquilidade para a equipe enfrentar o Flamengo no domingo pela decisão da Taça Rio, mas não é isso que o técnico Ricardo Gomes quer.

"Não se controla a ansiedade. Não quero o time tranquilo na final. Não pode ter exageros, mas precisa entrar com temperatura alta. Tranquilo em uma final não dá certo. Precisa entrar com garra, determinação. Será um jogo muito disputado. O Flamengo tem uma série grande de invencibilidade e o Vasco vem em uma grande recuperação. Tranquilidade nesta hora não cabe não", declarou o treinador.

O time carioca já havia praticamente garantido a classificação contra o Náutico na primeira partida, com a vitória por 3 a 0 no Recife. Até por isso, o treinador deu chances para jogadores que vinham atuando menos, como o atacante Elton.

"O Elton viu como uma oportunidade. Eu gostei bastante dele, mas evidentemente estava em um ritmo diferente dos demais. É um jogador que chegou a ser titular, mas que, com a chegada do Alecsandro, perdeu a vaga (no ataque). Ele está brigando, trabalhando bem", analisou.

ESPN - Com time misto, Vasco empata com Náutico

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Vasco 0 x 0 Náutico

linkReforço do Vasco, Juninho cogita se aposentar em 2012 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.