Reprodução/ Twitter
Reprodução/ Twitter

Ricardo Gomes se frustra com Wesley: 'perdemos a velocidade'

Técnico diz que time precisa aprender a jogar sem meia de criação

O Estado de S.Paulo

22 Agosto 2016 | 07h04

O empate por 1 a 1 com o Internacional não foi o resultado que o técnico Ricardo Gomes esperava em sua estreia pelo comando do São Paulo, mas o que o parece ter mais incomodado o treinador foi a má atuação da equipe. O treinador lamentou que sua ideia ao trocar Wesley por Kelvin não tenha dado certo.

"Com o Kelvin estávamos mais expostos, mas a transição que eu queria não aconteceu como esperado, essa era minha proposta (com Wesley). No fim, perdemos a velocidade do Kelvin e não ganhamos posse de bola", lamentou o treinador. 

A falta de criatividade da equipe também incomodou o treinador, que disse ter o desafio de fazer o São Paulo aprender a se adaptar a uma nova realidade, sem Paulo Henrique Ganso, que foi para o Sevilla.

"O Ganso não volta mais. Mas, esse problema (falta de um meia) não é algo que atinge só o São Paulo. A gente precisa buscar uma formação sem esse tipo de jogador também", alertou. 

O técnico Ricardo Gomes terá pouco tempo para fazer os ajustes que ele considera necessário na equipe. A boa notícia é que os cinco próximos jogos serão em São Paulo. Na quarta-feira, o time recebe o Juventude, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. No domingo, já pelo Campeonato Brasileiro, enfrenta o Coritiba. Na rodada seguinte vai até o Allianz Parque enfrentar o Palmeiras e depois volta a jogar no Morumbi contra Figueirense e Cruzeiro.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
São Paulo FC Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.