Ricardo Goulart decide e Cruzeiro derrtoa o Villa Nova no Mineiro

Com a vitória por 4 a 2, o time bota quatro pontos de vantagem na ponta do campeonato

AE, Agência Estado

30 de março de 2013 | 20h53

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro conseguiu mais uma vitória no Campeonato Mineiro neste sábado, ao fazer 4 a 2 diante do Villa Nova, em Nova Lima. Mas se a equipe conseguiu manter a invencibilidade na competição e chegou ao resultado deve isso a Ricardo Goulart, que entrou no segundo tempo e marcou os dois últimos gols da partida. O time de Belo Horizonte chegou a abrir 2 a 0, permitiu o empate, mas garantiu a vitória graças ao atacante.

O resultado fez o Cruzeiro disparar na ponta da tabela, com 22 pontos, quatro a mais que o Atlético-MG, que atua no domingo. Na próxima rodada a equipe terá pela frente o América-MG, no domingo que vem. Já o Villa Nova teve sua invencibilidade encerrada, mas segue em terceiro, com 15 pontos, e volta a campo para pegar o América de Teófilo Otoni, também no domingo.

Neste sábado o Cruzeiro saiu na frente logo aos 13 minutos com Borges, que aproveitou falha da zaga e bateu forte de longe. Aos 26, Dagoberto cobrou falta da direita e o zagueiro Léo subiu mais alto que todo mundo para marcar de cabeça.

Mas o Villa Nova não se entregou, foi para cima e diminuiu dez minutos depois, com Tchô, que marcou de pênalti. O mesmo Tchô voltaria a ser decisivo no início do segundo tempo, ao fazer bela jogada e cruzar para Eraldo empatar, aos seis minutos.

Aos 15, Ricardo Goulart entrou em campo, no lugar de Diego Souza, e três minutos depois ele marcou, após cortar o zagueiro e tocar para o gol. Aos 25, o atacante aproveitou bobeada da zaga, ganhou na corrida e bateu cruzado para dar números finais à partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.