Divulgação
Divulgação

Ricardo Goulart quer voltar ao Brasil e vê Palmeiras favorito

Atacante admite que vai tentar deixar o futebol chinês

O Estado de S.Paulo

12 de dezembro de 2017 | 18h37

Ricardo Goulart está decidido a voltar ao futebol brasileiro. O atacante do Guangzhou Evergrande, da China, já avisou aos dirigentes do clube asiático sua intenção, mas sabe que conseguir a liberação não será algo fácil, já que tem contrato até janeiro de 2020. Além disso, ele admite que o Palmeiras leva vantagem na tentativa de sua contratação por causa de sua amizade com Alexandre Mattos. 

+ Palmeiras contrata auxiliar de Dunga na seleção para vaga de Valentim na comissão

+ Palmeiras se precavê de saída de Mina e aumenta opções na zaga

"Tenho uma grande amizade com o Alexandre (Mattos). É um grande profissional, me deu um super apoio no Cruzeiro. Eu até posso chamá-lo de amigo", disse o atacante, em entrevista ao globoesporte.com. Ao ser indagado se o relacionamento com o dirigente palmeirense poderia ser um trunfo do Palmeiras na tentativa de contratá-lo, confirmou a possibilidade. 

"Pode-se dizer que sim. Ele é um dirigente renomado, trabalha no Palmeiras, acho que as coisas têm que passar por ele. Caso o Palmeiras consiga me contratar, ele pode tomar a frente dessa negociação", comentou. 

Goulart explica que dois objetivos o motivam a retornar ao Brasil. A possibilidade de voltar para a seleção nacional e também jogar na Europa. "Já são três anos ganhando títulos e prêmios individuais. Eu tenho o sonho de jogar na Europa e acho difícil ir direto da China para lá. Também tenho o sonho de voltar à Seleção, então acho que o primeiro passo para tudo isso é voltar ao Brasil, mas consciente da realidade", contou.

Tudo o que sabemos sobre:
Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.