Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Ricardo Graça celebra empate do Vasco: 'Ponto importante para o objetivo'

Equipe cruz-maltina saiu atrás no marcador, mas alcançou o empate ainda na primeira etapa

Redação, Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2021 | 22h34

A principal novidade na escalação do Vasco diante do Palmeiras foi a presença do zagueiro Ricardo Graça, que se recuperou de uma cirurgia de apendicite. O empate por 1 a 1, no Allianz Parque, teve, então, motivo duplo para comemoração do defensor: por levar um ponto para casa e por jogar de novo.

"Não foi o resultado que a gente esperava, porque nós queríamos a vitória. Mas o empate é importante para a gente sair da zona da confusão, como se fala, né? É um ponto importante para a gente atingir nosso objetivo", explicou.

Com 36 pontos, o time carioca passa para a 14.ª posição, e abre quatro pontos de vantagem para o Bahia, com 32, e que abre a zona de rebaixamento para a Série B.

Mas até o próprio Graça se surpreendeu pela sua escalação no lugar de Leandro Castán, que tinha participado da vitória sobre o Atlético-MG, por 3 a 2, na última rodada.

"Fiquei 16 dias fora, por causa da cirurgia, e só treinou quatro ou cinco dias forte. Mas consegui jogar até o fim e me senti bem. Quero ajudar meus companheiros nesta luta pelo Vasco", completou.

O zagueiro lembrou do susto que levou com o susto sentido em Goiânia, na véspera do jogo com o Atlético-GO pela 28.ª rodada, que acabou 0 a 0, em 7 de janeiro. "Me senti mal na véspera, vomitando e fui até para o hospital. No dia do jogo, voltei a sentir mal e fiquei fora. O Vasco fretou um avião para eu voltar ao Rio e no hospital o médico constatou que estava mesmo com problema no apêndice e que era melhor operar", concluiu, feliz por superar o susto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.