Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Ricardo Oliveira agradece apoio da torcida ao encerrar jejum no Atlético-MG

'É um sentimento de muita alegria saber que, afinal de contas, o trabalho foi recompensado', se emociona o atacante

Redação, Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2019 | 00h01

Foram 15 jogos de muita frustração e ansiedade, mas finalmente Ricardo Oliveira voltou a balançar as redes. O gol na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, na noite deste sábado, no Independência, custou a sair, uma vez que o atacante perdeu uma série de oportunidades na partida antes de marcar.

O alívio foi ainda maior por causa disso, e atingiu não só o atacante como também todos os companheiros, fato que o deixou bastante emocionado. Todos foram abraçá-lo no momento do gol, inclusive os reservas. "É um sentimento de muita alegria saber que, afinal de contas, o trabalho foi recompensado, a determinação, a entrega, a fé. Eu pude sentir todo o apoio dos meus companheiros. Todo mundo estava falando: Hoje vai sair. Tinha que sair de qualquer jeito. A torcida me deixa muito feliz, eles sabem que apesar de todas as dificuldades, a bola não ter entrado, eu nunca deixei de dar o meu melhor todos os dias", afirmou Ricardo Oliveira.

Ele ainda comentou sobre a reação da torcida. "Vocês puderam ver como celebraram meu gol, me ovacionaram, gritaram o meu. O trabalho foi recompensado e eu fico muito grato ao torcedor atleticano. Já me criticaram bastante, e com razão, mas também me apoiaram muito. As individualidades só vão sobressair quando o coletivo trabalha junto. Graças a Deus eu pude fazer esse gol e tirar esse peso das costas", completou.

Agora com 14 gols em 34 jogos na temporada, Ricardo Oliveira estava sem marcar desde 27 de abril, quando o Atlético venceu o hoje lanterna do Brasileirão Avaí por 2 a 1. Com a quebra do jejum, ele ajudou o time mineiro a seguir dentro do G4, em quarto lugar, com os mesmos 27 pontos do Flamengo, mas em desvantagem no saldo de gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.