Giuliano Gomes
Giuliano Gomes

Ricardo Oliveira ainda é o batedor de pênaltis do Santos, diz Dorival

Atacante perdeu segunda penalidade seguida contra o Atlético-PR

Estadão Conteúdo

16 de agosto de 2015 | 09h17

Dorival Júnior garantiu a permanência de Ricardo Oliveira na posição de batedor oficial de pênaltis do Santos, apesar da nova falha do atacante na partida contra o Atlético-PR, sábado, na Arena da Baixada. Como o duelo terminou empatado sem gols, a cobrança desperdiçada pelo jogador foi decisiva para o resultado.

"O Ricardo é o batedor oficial e, enquanto ele se sentir confiante e bem, naturalmente ele vai fazer", disse Dorival ao fim da partida. Apesar disso, afirmou que vai discutir o assunto com a comissão técnica. "Acho que tudo isso nós vamos acertar ao longo desses dias que antecedem o jogo com o Corinthians."

Ricardo Oliveira parou nos goleiros em suas duas últimas cobranças de pênalti. Na rodada passada, perdeu a penalidade diante de Martín Silva, goleiro do Vasco. Na ocasião, o gol não fez falta porque o Santos acabou vencendo por 1 a 0. Desta vez, o pênalti defendido por Weverton custou três pontos ao time santista.

Com o empate fora de casa, o Santos chegou aos 24 pontos, ainda na parte intermediária da tabela. Mas pode perder posições ao longo da rodada, neste domingo. Mesmo assim, deve seguir com boa distância da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.