Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Ricardo Oliveira brinca com goleiro rival após golaço contra o Audax

Atacante lembra chapéu que Felipe Alves deu em atacante do Ituano

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

21 Março 2015 | 18h33

O Santos derrotou o Audax por 1 a 0, neste sábado, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, com direito a um belo gol marcado pelo atacante Ricardo Oliveira. O golaço, dando um chapéu no goleiro Felipe Alves, fez com que o jogador adversário brincasse com o atacante santista após o lance.

"O goleiro brincou comigo e disse que só porque ele tinha dado um chapéu em um atacante, eu dei um nele", brincou, se referindo ao fato de Felipe Alves ter feito um lance parecido na partida contra o Ituano, quando driblou com categoria o atacante Ricardinho, no domingo passado. "Falei para ele que foi melhor eu ter feito nele do que levar chapéu de um goleiro porque aí é difícil, né?", brincou.

Felipe Alves também mostrou espírito esportivo no final da partida e brincou com a situação. "Disse para ele que era mancada. Só porque eu tinha feito aquilo, ele não poderia fazer comigo", falou, brincando, apesar do resultado negativo.

Apesar do clima descontraído e do golaço, Ricardo Oliveira lamentou o fato do placar não ter sido ainda mais dilatado. "Faltou precisão na finalização, mas temos que valorizar a vitória. Temos a melhor campanha do campeonato e sabíamos que íamos correr muito hoje (sábado) para conseguir a vitória. Gostaríamos de ter ganho de mais, mas não foi possível", analisou.

Com o resultado, o Santos chegou aos 29 pontos e se manteve com gol na liderança do Grupo D e também na classificação geral do Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.