Ricardo Oliveira diz estar com o ânimo renovado e feliz

O inferno de Ricardo Oliveira acabou. O atacante do Milan passou os últimos dias no Brasil, onde recebeu as duas melhores notícias que poderia receber: sua irmã Maria de Lourdes foi libertada após 5 meses em poder de seqüestradores. Em seguida, Dunga o convocou para substituir o lesionado Rafael Sóbis na seleção brasileira. Depois de falar sobre a convocação, o momento no Milan e o futuro na Europa, o atacante desabafou: ?A gente ouve falar que a violência é culpa da desigualdade social. Sei que há 40 milhões de pobres no Brasil, mas não concordo com isso. Eu catei papelão, pedi na rua, passei fome, comi do lixo. Mas batalhei e estou aqui por merecimento. Não é preciso roubar, matar, fazer mal aos outros.? O atacante do Milan disse que se aconselhou com Robinho e Luís Fabiano - que atuam na Europa e tiveram parentes seqüestrados no Brasil. ?Eles me deram muita força, me disseram para seguir em frente, manter a fé que tudo iria se resolver?, contou. ?Foram os cinco piores meses da minha vida, pessoal e profissionalmente.? Para evitar novos problemas, Ricardo Oliveira admitiu levar toda a família para morar na Europa. ?Se tenho que sair do País para poder andar tranqüilo na rua, não vou pensar duas vezes. Se posso tomar esse tipo de cuidado, vou tomar.? Livre do tormento de ter a irmã seqüestrada, Ricardo Oliveira diz que se sente como ?um juvenil que acabou de subir para o profissional?, ansioso por mostrar serviço no Milan e na seleção brasileira. No último amistoso, contra a Suíça, em que o Brasil venceu por 2 a 1, ele entrou no segundo tempo e admite que não jogou bem. ?Até pedi desculpas à comissão técnica, porque eles não sabiam do meu problema. Eu não convenci ninguém naquele jogo?, declarou. ?Acho que o Dunga me deu um presente agora. Vou retribuir a confiança.? E mesmo antes de mostrar em campo que mereceu a convocação, o atacante elogiou o novo chefe. ?Ele está dando chance a novos jogadores, que estavam esquecidos em seus clubes e em seus países. Esse trabalho de renovação é muito importante.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.