Ricardo Oliveira elogia Sinval na Lusa

Ricardo Oliveira começou 2002 como terminou 2001: fazendo gol. O jovem atacante, um dos destaques na vitória da Portuguesa por 2 a 0 sobre o São Caetano, na estréia no Rio-São Paulo, entende que pode ter uma temporada tão boa ou melhor que a anterior. E fundamenta seu otimismo num fator: a companhia de Sinval no ataque do time do Canindé. "Fizemos apenas dois coletivos antes do jogo de domingo e, em campo, nos entendemos bem. Mas ainda temos muito o que melhorar??, diz Ricardo.Para ele, a dupla tem tudo para se firmar com uma das melhores do futebol brasileiro. "Nossos estilos se completam. Sinval é mais um homem de área e eu saio mais um pouco. Isso cria opções??, justifica.Aos 21 anos, Ricardo Oliveira é titular da Portuguesa desde o último Campeonato Brasileiro - fez 14 gols. Ele pensa em seleção, mas diferencia-se dos outros jogadores ao admitir que acha cedo para reivindicar uma convocação. "Estamos em cima da Copa e, nessas ocasiões, experiência conta muito.??.Por isso, o atacante definiu que sua prioridade no momento é fazer gols pela Portuguesa. ?Um atacante vive de gols e, além disso, não estamos no Rio-São Paulo apenas para participar, e sim para disputar o título?, garante.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2002 | 19h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.