Nelson Antoine/AP
Nelson Antoine/AP

Ricardo Oliveira lamenta eliminação do Santos: 'Estivemos muito aquém'

Atacante admite atuação abaixo da crítica do alvinegro em derrota para o Barcelona-EQU, em casa, por 1 a 0

Estadão Conteúdo

21 de setembro de 2017 | 00h22

O Santos foi surpreendido em plena Vila Belmiro e caiu nas quartas de final da Libertadores nesta quarta-feira. Dominado pelo Barcelona de Guayaquil, o time paulista perdeu por 1 a 0 e agora terá que se contentar apenas com o Campeonato Brasileiro. A atuação desagradou a torcida e os próprios jogadores, como escancarou o atacante Ricardo Oliveira.

"Não conseguimos jogar hoje. Não conseguimos ser criativos. Essa é a razão para a gente ter sido eliminado hoje. Falar o que faltou é desnecessário. Estivemos muito aquém do que a gente pode fazer", declarou na saída do gramado.

Com os desfalques de Victor Ferraz, Renato e Lucas Lima, o técnico Levir Culpi optou por uma escalação com Daniel Guedes, Leandro Donizete e Vecchio como titulares. Faltou, assim, melhor saída de bola e qualidade técnica para fazer a armação, o que fez com que o Santos chamasse demais o adversário e fosse castigado no segundo tempo.

Nem mesmo quando Barcelona ficou com um a menos, após a expulsão de Jonathan Álvez, o Santos conseguiu incomodar. Ricardo Oliveira, no entanto, evitou usar os desfalques para justificar a péssima atuação. "Não podemos nos apegar nos desfalques. Infelizmente, não conseguimos fazer o nosso jogo. Saímos tristes pela eliminação", disse.

Após a queda em casa, o Santos volta as atenções para o improvável título do Campeonato Brasileiro. A equipe tem 41 pontos, na terceira colocação, e está a 12 do líder Corinthians. No sábado, já volta a campo pela competição e reencontrará a torcida na Vila Belmiro ao encarar o Atlético-PR, às 21 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.