Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Ricardo Oliveira passa por exame e Réver treina com protetor nasal no Atlético-MG

Atacante é dúvida para enfrentar o CSA, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

29 de maio de 2019 | 21h18

O técnico interino Rodrigo Santana não sabe se poderá contar com o atacante Ricardo Oliveira, domingo, às 19 horas, no Estádio Independência, diante do CSA, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador deixou o jogo de terça-feira à noite, frente ao Unión La Calera, pela Copa Sul-Americana, com dores no ombro direito após uma queda, sendo substituído no intervalo.

Ricardo Oliveira foi submetido a um tratamento fisioterápico nesta quarta-feira e também a um exame de imagem, cujo resultado será conhecido nesta quinta-feira. Se o veterano atleta não puder jogar, Alerrandro, autor do gol da vitória sobre o time chileno, espera ter uma nova oportunidade no time titular.

"Venho treinando para quando surgirem essas oportunidades poder entrar bem, ajudar a equipe e fazer gols. Não é estar pedindo passagem, sou como todo mundo, trabalho e espero estar, um dia, no time titular. Venho trabalhando para, quando surgir a oportunidade de iniciar jogando ou entrar no segundo tempo, estar preparado para ajudar a equipe", disse Alerrandro, de 19 anos, autor de 11 gols em 15 jogos nesta temporadas.

Ao mesmo tempo em que busca seu lugar na equipe, Alerrandro torce pela recuperação de Ricardo Oliveira. "Estou pronto. Espero não ser nada grave com o Ricardo, ele é o titular e é um cara que a gente confia muito nele. Então, se ele não conseguir se recuperar a tempo e o Rodrigo optar por mim, estarei preparado para dar o meu melhor e fazer mais gols para ajudar a equipe", afirmou o camisa 17.

Já o capitão Réver fez um trabalho específico, orientado pelo preparador físico Luis Otávio Kalil, utilizando máscara protetora por causa da fratura sofrida na vitória sobre o Flamengo, dia 18, no Independência. O zagueiro poderá retornar ao time no domingo.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.