Divulgação
Divulgação

Ricardo Oliveira quer título para coroar reviravolta na carreira

Atacante do Santos busca confirmar redenção com a Copa do Brasil

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

02 de dezembro de 2015 | 07h00

O título da Copa do Brasil é o que falta para Ricardo Oliveira, do Santos, completar em grande estilo a reviravolta em sua carreira. Artilheiro e campeão do Campeonato Paulista, artilheiro do Brasileiro e maior goleador do País em 2015 com 36 tentos, ele voltou à seleção e às manchetes aos 35 anos, depois de um período escondido nos Emirados Árabes Unidos. E se tornou peça-chave do Santos e figura odiada pelos palmeirenses, que o acusam de ser provocador.

Antes de acertar com o Santos, no começo do ano, ele estava sem jogar havia nove meses por causa de problemas no joelho direito. Assinou um contrato de quatro meses para disputar o Estadual com salário baixo e, depois de um início difícil, em que os gols não surgiam e ele ouvia comentários de que estava acabado, começou a mostrar que ainda podia jogar em alto nível. 

Brilhou no Paulistão, e logo em seguida começou a se destacar também no Brasileiro, diante de equipes mais qualificadas do que as do Estadual. Voltou à seleção, fez gol contra a Venezuela e agora é visto novamente como um atacante temível – e não mais como um atleta considerado em fim de carreira.

O jogo de esta quarta-feira oferece a Ricardo Oliveira a chance de conquistar um título inédito em sua carreira. No futebol brasileiro, além da taça do Paulistão deste ano, ele fez parte do elenco do São Paulo que foi campeão nacional em 2006. Na Europa, ganhou um Campeonato Espanhol e uma Copa da Uefa pelo Valencia e integrou o grupo do Milan que venceu a Liga dos Campeões de 2007 sob a batuta de Kaká. Seu oportunismo – e suas provocações – podem acabar com o Palmeiras nesta quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.