Tasso Marcelo/AE
Tasso Marcelo/AE

Ricardo Teixeira assegura segurança no Rio para a Copa 2014

Presidente da CBF tenta tranquilizar comunidade internacional após a onda de violência na cidade carioca

estadão.com.br,

25 de novembro de 2010 | 19h44

Os episódios de violência no Rio de Janeiro fizeram com que o presidente da CBF e do Comitê Organizador da Copa 2014, Ricardo Teixeira, divulgasse uma nota nesta quinta-feira para tentar tranquilizar a comunidade internacional.

Veja também:

linkCom apoio da Marinha, polícia do Rio ocupa refúgio do Comando Vermelho

mais imagens Veja fotos da onda de ataques no Rio

video A rotina noturna com ataques no Rio

forum Presenciou algum ataque? Conte-nos como foi

Na nota, Ricardo Teixeira dá um voto de confiança para o governador Sérgio Cabral e afirma que a sociedade do Rio de Janeiro é favorável às ações de segurança para combater os traficantes. O dirigente da CBF assegura que tudo estará tranquilo para a Copa do Mundo, em 2014.

Além da Copa, o Brasil receberá a disputa da Copa das Confederações, já em 2013, e dos Jogos Olímpicos, em 2016. Ricardo Teixeira também assegurou que os estrangeiros encontrarão "um clima de normalidade necessário" para a realização dos eventos.

Confira a íntegra da nota divulgada pela CBF

Ricardo Teixeira se posiciona sobre episódios de violência no Rio de Janeiro

Na qualidade de presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e tendo em vista os recentes episódios de violência ocorridos no Rio de Janeiro, torno público o seguinte comunicado:

1) Ratifico a confiança no poder público e o reconhecimento ao esforço desenvolvido no Estado do Rio de Janeiro com o objetivo reduzir a violência urbana;

2) Renovo a mais absoluta confiança no poder de planejamento, prevenção e combate à violência que vem sendo comandado pelo governador Sérgio Cabral e pelo seu secretário de Segurança, José Mariano Beltrame;

3) Vê-se hoje no Rio de Janeiro que a sociedade reage firmemente aos incidentes provocados por criminosos, numa mostra de que a política de segurança conta com o apoio da opinião pública e da mídia, porque está sendo planejada e executada de maneira contínua para reduzir os índices de violência;

4) Em consequência, posso assegurar à comunidade esportiva que a cidade-sede do Rio de Janeiro terá o clima de normalidade necessário para a disputa da Copa das Confederações da FIFA, em 2013, e para a grande festa que será a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

Ricardo Teixeira

Presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e da Confederação Brasileira de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.