José Patrício/AE
José Patrício/AE

Ricardo Teixeira cobra construção de estádio em SP para a Copa até 2013

'Precisamos do estádio de vocês para a Copa das Confederações', disse o presidente da CBF e COL

WLADIMIR D'ANDRADE, Agência Estado

16 de fevereiro de 2011 | 18h03

SÃO PAULO - O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do comitê organizador da Copa no Brasil, Ricardo Teixeira, cobrou, nesta quarta-feira, do governo do Estado e municipal a construção até 2013 do estádio do Corinthians, que será a sede dos jogos do Mundial de 2014 e concorre pela partida de abertura da Copa. "Precisamos do estádio de vocês para a Copa das Confederações", disse, referindo-se ao torneio internacional que antecede os Mundiais um ano antes.

Em resposta, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) disse que está otimista quanto ao prazo e que um decreto que estipula incentivos fiscais na região do estádio, na zona leste da cidade, será publicado na semana que vem, dando mais um passo para a realização da obra.

"Estamos confiantes de que será possível atender os prazos para a Copa". Até lá, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, diz que o estádio ainda é "um sonho". "Estamos trabalhando para que saia logo [a obra]", afirmou. "Cobro todos os dias as autoridades".

Guia. O governo paulista lançou nesta quarta um guia que fornece dados sobre 37 cidades do Estado que estão aptas a receber delegações da Copa do Mundo. O livro "Cidade-Base: o potencial do Estado de São Paulo para sediar os Centros de Treinamento das seleções para a Copa do Mundo Fifa Brasil 2014" traz 64 sugestões de centros de treinamento e 50 opções de hotel, além de informar a infraestrutura dos municípios e as distâncias para aeroportos e cidades sede do mundial. "São Paulo está oferecendo o que há de melhor para as delegações", disse o governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.