Conmebol/Divulgação
Conmebol/Divulgação

Ricci será 1º árbitro de vídeo da história da Libertadores em jogo River x Lanús

Brasileiro terá ainda o auxílio de equatoriano e uruguaio em duelo pela semifinal da competição

Estadão Conteúdo

18 Outubro 2017 | 19h34

Novidade promovida pela Conmebol a partir das semifinais, a tecnologia do árbitro de vídeo (VAR) terá um brasileiro no comando em sua primeira aparição na Libertadores. Nesta quarta-feira, a entidade anunciou que Sandro Meira Ricci será o responsável pelo sistema no confronto entre River Plate e Lanús, na próxima terça-feira.

+ Conmebol adota árbitro de vídeo e pretende padronizar estádios

Quando os times argentinos se enfrentarem no Monumental de Núñez, Sandro Meira Ricci será o responsável por analisar as imagens do confronto através do vídeo e sanar as possíveis dúvidas em lances polêmicos. Utilizada em alguns países do exterior, a tecnologia viverá sua primeira experiência na Libertadores.

No vídeo, Ricci será auxiliado pelo equatoriano Christian Lezcano e o uruguaio Martín Vázquez. O quarteto de arbitragem em campo, porém, será todo brasileiro. Wilton Pereira Sampaio será o juiz, auxiliado por Bruno Boschilia e Kleber Lúcio Gil, com Anderson Daronco como quarto árbitro.

Um dia depois de River x Lanús, o Grêmio encara o Barcelona-EQU, em Guayaquil, na primeira partida desta semifinal. O trio de arbitragem será argentino, com Nestor Pitana como juiz e Hernan Maidana e Juan Pablo Belatti como auxiliares. O quarto árbitro será o peruano Diego Haro, enquanto o árbitro de vídeo será outro argentino, Mauro Vigliano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.