Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Richard pede desculpas por erro e Luxemburgo dá méritos ao Goiás

Vasco cede o empate com um gol contra de Henríquez aos 52 minutos do segundo tempo

Redação, Estadão Conteúdo

18 de novembro de 2019 | 22h52

Empate com gosto de derrota. O Vasco deixou o campo de São Januário com um gosto amargo após o 1 a 1 diante do Goiás, na noite desta segunda-feira, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Richard, que errou no lance que culminou o gol da equipe esmeraldina, pediu desculpas aos quase 18 mil torcedores que compareceram ao jogo. "Queria pedir desculpas ao torcedor. Nós erramos, somos humanos. Errou eu, errou o Henríquez. Não tem nem o que falar", disse.

O jogador foi o único que parou para dar entrevista ainda no gramado. Rossi, um dos mais exaltados após o empate, deixou o estádio com cara de poucos amigos. Já o atacante Ribamar também optou por não falar com a imprensa. Coube a Vanderlei Luxemburgo explicar o resultado desta segunda-feira.

"Foram tantos escanteios seguidos que, de repente, poderia acontecer. Mérito do Goiás. Somamos um ponto. Estivemos mais vezes com a responsabilidade de ganhar o jogo, mas isso é futebol", falou o treinador.

Com o resultado, o Vasco chegou aos 44 pontos, mas não eliminou as chances de rebaixamento. O primeiro dentro da degola, o Fluminense tem 35. "Acho que ninguém consegue chegar a 44 pontos, mas seria bom a vitória para brigar por algo lá em cima", minimizou Luxemburgo.

"Se tivéssemos ganhado hoje, depois mais dois jogos em casa, podia buscar alguma coisa. Agora, ficou mais difícil. Um pouco mais complicado. Acho que faltou segurarmos um pouco a bola. Sair, ficar com a bola lá na frente. O segundo gol tinha de sair com naturalidade. Sofrendo uma falta, sofrendo outra falta. Não soubemos fazer isso", lamentou o comandante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.