Reuters/Jason Cairnduff
Reuters/Jason Cairnduff

Richarlison será investigado por arremessar sinalizador em jogo do Campeonato Inglês

Atacante brasileiro foi autor do gol da vitória do Everton sobre o Chelsea em triunfo importante na luta contra o rebaixamento

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2022 | 09h08

O brasileiro Richarlison foi o nome da vitória do Everton sobre o Chelsea por 1 a 0, no domingo, que garantiu três pontos importantes na luta do time de Liverpool contra o rebaixamento no Campeonato Inglês. Mas o atacante da seleção brasileira será investigado pela Federação Inglesa por pegar um sinalizador arremessado no gramado e jogá-lo na direção da arquibancada.

O Everton também vai investigar o caso, mas acredita que Richarlison só queria tirar o artefato do campo para que o jogo continuasse e que o objeto foi direcionado em um espaço onde não tinha torcedores. Artefatos pirotécnicos, como sinalizadores, são proibidos no futebol inglês. Em fevereiro, o inglês Harvey Elliott, do rival Liverpool, também foi investigado pela Federação Inglesa depois de segurar um sinalizador na final da Copa da Liga Inglesa, em Wembley.

Richarlison tem sido a principal arma ofensiva do Everton, um dos clubes mais tradicionais da Inglaterra e que tenta evitar o rebaixamento à segunda divisão. A última temporada do clube fora da elite inglesa foi na década de 1950. O brasileiro já contribuiu com oito gols e quatro assistências em 26 partidas no Campeonato Inglês nesta temporada e já é ídolo do clube de Liverpool.

O técnico do Everton, Frank Lampard, disse que não viu o incidente, mas fez questão de elogiar a qualidade do atacante. “Eu dei uma 'provocada' nele antes do jogo porque ele sempre dá esse tipo de esforço, mas tem que ser direcionado da maneira certa, em termos de energia e produção para colocar os outros sob pressão. Quando ele tem chances de gol, tem que ser eficiente. Para o nível de atacante que ele pode ser, ele tem que ser preciso e ele foi hoje (domingo)".

Apesar da vitória, a equipe está na 18ª colocação, a primeira dentro da zona do rebaixamento, com 32 pontos, dois a menos que Burnley e Leeds, os dois acima na tabela. O time da cidade de Liverpool ainda enfrenta Leicester City (fora de casa), Brentford (casa) e encerra a temporada em um confronto difícil diante do Arsenal, em Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.