Richarlyson e Junior Cesar são julgados e liberados

O volante Richarlyson e o lateral-esquerdo Junior Cesar escaparam nesta terça-feira de pegarem uma suspensão maior pelas suas expulsões na vitória por 2 a 1 sobre o Náutico, no Recife, pela 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), os dois foram punidos com a pena mínima de uma partida, já cumprida.

AE, Agencia Estado

20 de outubro de 2009 | 23h44

Junior Cesar havia sido denunciado por praticar ato desleal, mas o STJD decidiu pela punição de apenas um jogo por maioria de votos. Já Richarlyson, que respondia por reclamação contra o árbitro, recebeu a mesma pena por unanimidade. O volante, porém, não poderá atuar na próxima rodada, já que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Com 49 pontos, o São Paulo aparece na quarta posição do Brasileiro, após a derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, no último sábado, no Morumbi. Para ainda manter as esperanças de brigar pelo título, o time precisa de uma vitória no clássico deste domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro. Enquanto Richarlyson está suspenso, Junior Cesar deve começar como titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.