Richarlyson é o melhor em teste físico no São Paulo

Jogador atinge ápice de 17 km/h e supera o atacante Dagoberto e o recém-contratado Joílson

Alfredo Luiz Filho, O Estado de S. Paulo

08 de janeiro de 2008 | 13h08

Richarlyson roubou a cena no São Paulo na manhã desta terça-feira. Dentre 20 atletas - os goleiros não participaram -, o volante foi o melhor em um teste físico que visa buscar dados para a comissão técnica determinar a intensidade dos treinos nesse início de temporada. Ele chegou a alcançar a velocidade de pouco mais de 17 km/h no ápice do exercício. O atacante Dagoberto e o recém-contratado Joílson ficaram logo atrás. Veja também: São Paulo volta atrás e deve anunciar Fábio Santos na quarta Na chegada dos reforços, Marco Aurélio fala do peso de Adriano Muricy Ramalho tem nove dias para encontrar 'time ideal' "Após o dia 1º, eu tive a preocupação de freqüentar uma academia em Bauru para não chegar zerado porque sei que já vamos jogar na outra quinta-feira [contra o Guaratinguetá, no Interior, na estréia no Paulistão]", revelou o jogador. "Foi só para readaptar a musculatura com uma corrida em um ritmo agradável, por volta de 14 km/h", disse, causando espanto geral. "Quem foi bem, quem foi mal, não é o preponderante", garante o preparador físico Carlinhos Neves. "Só estamos buscando dados para trabalhar com os jogadores em cima dessa base", completou. Apesar de Richarlyson se destacar, o preparador revelou que todo o plantel voltou muito bem das férias. André Dias e Dagoberto, por exemplo, chegaram até a perder peso durante o descanso. "Dá para ver que não perderam muito do condicionamento. A cada ano, eles se reapresentam melhor do que a temporada anterior até pelo pouco tempo que temos de preparação antes de estrear no Paulista", explica Carlinhos Neves. "O ideal seria um mês de férias, um de preparação e 10 de jogos. Na estréia da Libertadores [dia 27 de fevereiro, contra o Nacional de Medellín, na Colômbia], posso garantir que o time estará no nível ideal para competir."

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCRicharlyson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.