Bruno Cantini/ Divulgação
Bruno Cantini/ Divulgação

Richarlyson se diz cansado de brincadeiras sobre sua sexualidade

Jogador é tema de entrevista de programa da Record neste sábado

O Estado de S. Paulo

05 Março 2015 | 14h17

O lateral Richarlyson é tema de reportagem do Esportes Fantástico, da Record, deste sábado. O jogador, de 32 anos, mais uma vez comentará sobre a desconfiança que paira sobre sua vida pessoal no que diz respeito à sua sexualidade. De acordo com a reportagem, Ricky, que já foi do São Paulo e ameaçou encerrar a carreira no ano passado após queda do Vitória no Brasileirão, admite muitas 'brincadeiras' dos árbitros sobre sua vida pessoal. Diz-se cansado sobre o assunto, mas também admite que as pessoas do futebol aprenderam a respeitá-lo.

"Acho que as pessoas aprenderam a me respeitar. Vivi momentos difíceis, principalmente para minha família. Mas nunca deixei as pessoas mancharem a minha carreira."

O jogador chegou a jogar vôlei, no Taquarituba, mas depois voltou atrás para assinar contrato com a Chapecoense até o fim desta temporada. Ele credita os rumores de sua sexualidade ao ex-dirigente do Palmeiras, José Cirillo Jr, que insinuou em programa esportivo de TV que o lateral era gay. Ricky o processou por isso. Sério, o jogador nunca se deixou levar pelos boatos. Além de São Paulo, ele também fez carreira no Atlético-MG.

Mais conteúdo sobre:
futebol Chapecoense richarlyson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.