Richarlyson tem uma dinâmica grande, explica Dunga

Técnico da seleção explica a convocação do meia são-paulino e fala do planejamento para o ano

22 de janeiro de 2008 | 16h14

O trabalho da seleção brasileira em 2008 está voltado para o sucesso da seleção olímpica. Com dez atletas com idade para o torneio - até 23 anos completos em agosto - chamados para o amistoso contra a Irlanda, o técnico Dunga deixa claro que pretende acertar o time que buscará a inédita medalha de ouro com base na experiência de quem já joga há algum tempo no time principal.Veja também: A lista com os convocados da seleção para o amistoso contra a IrlandaAinda sem detalhes de como poderá realizar a preparação do time, já que o Comitê Olímpico de Pequim ainda não definiu as sedes do torneio, ele torce para ter jogos exclusivos antes da convocação final. Na entrevista coletiva, Dunga ainda fala da convocação de Richarlyson - pela sua "dinâmica" -, do trabalho com Alexandre Pato e do futuro do time, além de Adriano e Ronaldo. Os principais trechos:SELEÇÃO OLÍMPICA"A gente vai levar os três [jogadores acima de 23 anos], isso está decidido. Só a posição que depende da carência que teremos à disposição no momento da convocação. A gente tinha um plano de trazer os garotos, mesclando com a seleção principal, tivemos de antecipar um pouco por causa destes problemas. Espero poder reunir duas ou três vezes o time antes do começo da Olimpíada."RICHARLYSON"É um jogador que atua em várias posições, tem uma dinâmica muito grande. A convocação de dois jogadores que não tem idade olímpica [ele e Thiago Neves] e nem estavam em listas anteriores mostram que estamos observando tudo."ALEXANDRE PATO"Não é em um ou dois treinamentos que a gente vai mudar a característica do jogador, então conversaremos com ele. Projetando o futuro, ele tem de pensar que pode ser um craque, ele ainda não é. Tem um caminho, uma possibilidade, um talento imenso, não pode achar que chegou aonde quer, tem de pensar que está no caminho para isso. E nós faremos o possível para dar as melhores condições a ele."ANDERSON"No Porto, quando chegou, ele teve dificuldade de adaptação e foi testado nesta posição. Já sabíamos disso, da condição dele como volante, e é ótimo contar com um atleta que possa atuar em duas posições ou mais."ADRIANO E RONALDO"Fico feliz pelo retorno de ambos, fazendo gols, pois são atacantes e gostam de fazer gols. Torço por eles, para que mantenham o ritmo e melhorem a casa dia."PRÊMIO DA IFFHS"Fico feliz, mas o prêmio teria de ser para toda a seleção brasileira, pois é um trabalho de equipe. Os resultados nos ajudaram neste reconhecimento e temos de dar mais energia e trabalho para manter isso."* Dunga foi eleito o melhor técnico de seleção em 2007 pela Federação Internacional de História e Estatística.OBJETIVOS EM 2008"Continuar o bom trabalho com a seleção brasileira e conquistar bons resultados. Sempre fazemos o possível para ter o melhor na seleção."

Tudo o que sabemos sobre:
seleção brasileiraDungaRicharlyson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.