Rijkaard lamenta morte de Rinus Michels

Discípulo do técnico Rinus Michels, o ex-jogador holandês Frank Rijkaard, atual técnico do Barcelona, disse nesta sexta-feira ter ficado consternado com a morte do mestre, ocorrida na quinta-feira na cidade belga de Aalst ?Ele foi muito importante para o futebol. Michels foi um técnico duro, mas tinha boa filosofia. Ele se sairia muito bem no futebol atual?, afirmou Rijkaard, que só falou com os jornalistas após muita insistência.Eles trabalharam juntos na década de 80 na seleção holandesa - foram, inclusive, campeões da Eurocopa de 1988, cuja fase final foi disputada na Alemanha - e o técnico do Barcelona disse que foi um momento importante em sua carreira. Recordou que, na época, Rinus também montou a seleção a partir de jogadores do Ajax e do Feyenoord, que fizera em 1974. "Rinus Michels era um homem-chave no futebol holandês, pelo qual fez muito, e muito bem.??O criador do carrossel holandês que surpreendeu o mundo na Copa de 1974, disputada na Alemanha, morreu em conseqüência de complicações após a cirurgia a que se submeteu para colocar uma válvula no coração. Ele estava com 77 anos e nos últimos 12 dedicava-se a assessorar a federação holandesa, após ter abandonado a carreira de treinador. A família de Michels não havia definido, até a tarde desta sexta-feira, onde e quando seria o enterro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.