Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Rildo será operado e desfalca o Cotinthians por dois meses

Atleta sofreu lesão no ombro esquerdo na partida contra o Joinville

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

14 de setembro de 2015 | 10h09

O Corinthians vai ficar até dois meses sem Rildo. Após exames realizados na tarde de domingo foi confirmada na manhã desta segunda-feira uma luxação da articulação acromio clavicular do ombro esquerdo do atacante.

O jogador passará por procedimento cirúrgico, marcado para terça-feira no Hospital São Luiz, na unidade Morumbi. A cirurgia será feita pelos médicos Alexandre Santa Cruz e Ivan Grava e supervisionada por Joaquim Grava. O tempo de recuperação do atleta é de seis semanas a dois meses.

O atacante caiu de mau jeito no jogo contra o Joinville, domingo, e machucou o ombro esquerdo. A lesão ocorreu logo aos três minutos de jogo, após choque com o volante Anselmo.

Ainda no intervalo do jogo, o médico Ivan Grava já demonstrava preocupação com o jogador. Na melhor das hipóteses, Rildo ficaria no mínimo um mês fora, tempo de recuperação sem necessidade de cirurgia.

Rildo é a segunda baixa recente que o ataque do Corinthians sofreu por lesão. Luciano rompeu os ligamentos do joelho no mês passado e só voltará a jogar na próxima temporada.

Para repor a vaga no ataque, a diretoria negocia a contratação do atacante Lincom, do Bragantino. O negócio deve ser fechado até esta terça-feira. Sem Rildo, o atacante Malcom recupera a sua vaga entre os titulares.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCorinthiansRildo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.