Rincón desaprova trabalho de Tite: 'Não gosto de time retranqueiro'

Ex-jogador do Corinthians diz que adversários ajudaram o time a ser campeão

ESPN,

10 de dezembro de 2011 | 12h54

SÃO PAULO - Freddy Rincón esteve no time que deu dois dos cinco títulos brasileiros do Corinthians, em 1998 e 1999, e não gostou nada da qualidade apresentada na mais recente conquista. Na opinião do ex-volante, Tite opta por uma estratégia questionável e extremamente defensiva, embora tenha sido campeão.

"Não sou um admirador do Tite. Quando eu jogava ou como técnico, sou acostumado a botar o time para a frente. Não gosto de time retranqueiro, por isso não gosto dele como técnico", criticou o colombiano, que atualmente segue a carreira de treinador, mas se posiciona como um ídolo e torcedor.

"É complicado rebater o que outro técnico faz. Estou me colocando como ex-jogador do Corinthians, e não gostei como jogou. Quem ele colocou ou não, o que ele fez ou não fez, é outra história", afirmou, sem condenar especificamente nenhuma das decisões táticas ou técnicas do atual campeão brasileiro.

O que mais revoltou o ex-meio-campista foi a postura na última rodada, com maior preocupação em manter o 0 a 0 com o Palmeiras. "Torci, mas não gostei do último jogo. Se fosse por ele, o Corinthians não merecia ser campeão. É lógico, teve crédito pelos jogos invictos [nas primeiras rodadas], mas, no campeonato inteiro, não gostei do futebol do Corinthians."

"Não é porque os outros não ganharam que foram piores. Mas muitas vezes os adversários ajudam, e acho que ajudaram bastante. Talvez não souberam aproveitar as oportunidades que o Corinthians deu no momento certo. Sem tirar o mérito do Corinthians", tentou aliviar. (ESPN)

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansTiteRincónfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.