Rio Branco avalia Júlio César na 5ª

O zagueiro Júlio César será avaliado definitivamente pelo departamento médico do Rio Branco para saber se está ou não recuperado de uma lesão muscular que o impede de jogar há dois meses. A avaliação servirá também para definir o futuro do jogador no clube. Com 37 anos, o jogador está no Rio Branco desde dezembro no ano passado e há duas semanas da estréia no Campeonato Paulista o jogador acabou se lesionando. O clima no clube é de expectativa. Se o zagueiro for liberado, Júlio César fará sua estréia neste domingo contra o União São João, no estádio Décio Vitta, em casa. Além de Júlio César, o volante Vaguinho, de 31 anos, será avaliado pelo departamento médico. Ele está em tratamento desde a semana passada por causa de dores na coxa e desfalcou o time na vitória sobre o Santos. A entrada do experiente zagueiro aliviará o técnico Zé Teodoro. Ele está preocupado por ter perdido o meia Silas no julgamento de hoje pelo STJD. A pena de Silas foi reduzida de 180 para 60 dias. Mas, como o jogador cumpriu 41, ainda restam 19 dias. "O Silas tem sido muito importante para o grupo. Sua saída nestes jogos é ruim, mas acredito que o time não sentirá", diz o treinador, depositando confiança nos outros jogadores da equipe. Para enfrentar o União, Zé Teodoro não poderá contar com cinco jogadores. Os zagueiros Gilmar Lima e Luiz Carlos e o lateral Alexandre Chagas estão suspensos pelo segundo cartão amarelo. O volante Djair também está suspenso, mas por ter sido expulso. E o quinto desfalque é o atacante Sérgio Lobo. Por estar emprestado pelo União São João ao Rio Branco, há uma cláusula em seu contrato que o impede de enfrentar a equipe ararense. Assim, o treinador terá problemas para montar o time e manter a invencibilidade no campeonato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.