Rio Branco cauteloso em São Caetano

O Rio Branco enfrentará o São Caetano, domingo no estádio do adversário, com todo cuidado possível. Afinal, vice-líder do Campeonato Paulista com 23 pontos e muito próximo da inédita classificação para as semifinais da competição, o time de Americana não quer correr o risco de perder esta oportunidade. Para isso, tanto o técnico Zé Teodoro como os jogadores estão comedidos em suas palavras e atitudes. Sempre agiram assim durante todo o campeonato, mas no momento a preocupação é maior."O São Caetano vem numa fase muito boa há mais de dois anos e sempre quando joga em casa é um adversário difícil. Temos que respeitá-los assim como qualquer outro adversário", afirma Zé Teodoro.As palavras do treinador devem refletir, inclusive, na maneira de jogar do time. Mesmo tendo o melhor ataque do campeonato, ao lado do Corinthians e do União São João, o time americanense pode adotar uma postura mais defensiva nesta partida.A novidade, por sinal, pode ser a estréia do zagueiro Júlio César na equipe. Nos treinos desta semana ele sempre esteve entre os titulares e foi confirmado pelo próprio treinador que viajará com o restante do elenco. "Mas ainda não há nada certo. Só vou definir o time no domingo", avisa Zé Teodoro. A entrada do jogador é quase certa porque o único desfalque será o zagueiro Gilmar Lima, suspenso por ter sido expulso no último jogo, quando o time venceu o clássico regional contra o União Barbarense.Em caso de vitória, o Rio Branco poderá estar classificado, dependendo dos resultados dos outros jogos da rodada. Depois de enfrentar o São Caetano, os adversários serão a Inter de Limeira e a Ponte Preta, ambos em casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.