Rio Branco de olho nos prêmios da FPF

Figurar entre os quatro melhores do Campeonato Paulista e ainda ficar com os bolsos cheios. Este é o pensamento do vice-líder Rio Branco, que sonha com a vaga para as semifinais e também com o gordo prêmio que a Federação Paulista de Futebol vai pagar para quem se classificar. Mesmo que não chegue à decisão, o time receberá R$ 1 milhão pelos dois jogos semifinais. A Federação Paulista de Futebol já confirmou também que será distribuído um prêmio de R$ 300 mil para o melhor clube da primeira fase, com exceção dos chamados grandes. Fora isso, o campeão paulista receberá R$ 4 milhões e o vice R$ 1 milhão. A possibilidade de poder disputar as finais do campeonato, valorizando o bom futebol praticado pelo grupo, e de ainda receber uma quantia a mais nos salários vem deixando os jogadores bastante motivados. "Só dependemos das nossas forças para classificar e se conseguirmos esse feito já estaremos muito felizes. Um prêmio a mais pelo bom serviço prestado, porém, não pode ser desperdiçado, não é? Além disso, dá uma motivação a mais para todos nós", garante o atacante Anaílson. Jogadores e comissão técnica também querem esquecer a derrota para a Portuguesa Santista, na semana passada, que quebrou a invencibilidade de nove jogos do time na competição. Para a partida contra a Portuguesa de Desportos, no domingo, o técnico Zé Teodoro ainda aguarda a liberação do meia Silas, o que deve acontecer nesta sexta-feira. O clube espera receber um comunicado oficial do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), confirmando o término da suspensão de 60 dias. O lateral-direito Alexandre Chagas vai enfrentar seu ex-clube pela primeira vez. O jogador, que ainda pertence à Lusa, sabe das dificuldades de atuar no Canindé e já avisou seus companheiros. "Com a chegada do Candinho, com quem trabalhei enquanto estive lá, todo o time vai estar motivado para enfrentar a gente. Precisamos marcar forte e sermos eficientes, porque tenho certeza de que o Candinho vai mexer com o brio deles", destaca Alexandre Chagas.O Rio Branco divide a segunda colocação na tabela com a Ponte Preta e soma 20 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.