Rio Branco reforça a marcação no meio

Após a derrota para o União Barbarense na estréia, o Rio Branco volta a campo neste sábado à tarde para enfrentar o Corinthians, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O time de Americana foi o único do grupo 1 que perdeu em casa na abertura da competição e já está sob pressão."Perdemos a primeira em casa e agora teremos que nos recuperar fora. Sabemos que bater o Corinthians, ainda mais em São Paulo, é muito difícil, mas precisamos de um bom resultado", afirmou o técnico Júlio Espinosa. "Não nos resta outra alternativa. Precisamos nos reabilitar."Com o péssimo resultado na estréia, o treinador decidiu fazer algumas alterações, que deixaram o time com uma formação mais defensiva. Assim, o zagueiro Gilmar Lima entra na vaga do volante Lê, que volta à sua posição de origem. Automaticamente, o meia Tiago Régis irá para a reserva. Com essas mudanças, o Rio Branco jogará em São Paulo com três volantes e apenas o meia Wilton Goiano na armação das jogadas. "Não diria que atuaremos mais recuado. Vamos reforçar o meio-campo, mas não significa que ficaremos na retranca", explicou Espinosa.A esperança de gol será, de novo, o jovem Thiago Ribeiro, que foi um dos destaques na Copa São Paulo de Juniores deste ano. Na estréia do Paulista, foi dele o único gol do Rio Branco.

Agencia Estado,

23 de janeiro de 2004 | 15h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.