Rio Branco segue liberando atletas

Desprezando a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, a diretoria do Rio Branco de Americana, continua se desfazendo do seu elenco. O goleiro Gustavo, de 23 anos, titular do time nas últimas duas temporadas, foi emprestado para o Coritiba, enquanto o meia Igor, de 21 anos, seguiu para o Figueirense-SC por indicação do técnico Roberval Davino.Antes deles, o clube já tinha liberado o zagueiro Gilmar Lima para o Guarani e vendido o lateral-esquerdo Marcinho para o futebol português. A idéia da diretoria é reduzir a folha de pagamento, uma vez que prevê dificuldades financeiras na disputa da série C, mesmo sendo ela disputada de forma regional.Por causa desta filosofia, o Rio Branco não renovou o contrato do técnico Nicanor de Carvalho Júnior, muito menos conseguiu acertar com Adilson Batista, que preferiu uma proposta do Avaí-SC. A saída caseira foi a promoção do técnico de juniores e olheiro do clube, Diolei, para o time principal. O primeiro reforço do time também foi confirmado nesta quinta-feira. É o meio-campista Odil, de 24 anos, vice-artilheiro do Campeonato Matogrossense, com 10 gols, pelo Operário, campeão da temporada. Antes ele atuou pelo Dom Bosco e Berga, também do mesmo Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.