Rio Claro e Barueri empatam em jogo que começa sem bola

Rio Claro e Grêmio Barueri empataram por 2 a 2, nesta quarta-feira tarde, no Estádio Schimitão, em Rio Claro (SP), na abertura da quinta rodada do Campeonato Paulista da Série A-1. Só que o jogo ficou marcado pela bobeada do árbitro Paulo Roberto Ferreira, que deu a saída sem ter a bola no centro do gramado. Às 16 horas, ele se dirigiu o centro do campo e esqueceu de levar a bola. Mesmo assim, levantou os braços para dar início ao confronto, recebendo vaias e apupos da torcida que o chamou de ?burro?. Na falta de uma bola no centro do gramado, duas foram atiradas ao campo por cada banco de reservas. Em campo, o empate foi justo. O Rio Claro evitou sua quarta derrota seguida e agora soma quatro pontos. O Barueri conseguiu seu segundo empate fora de casa e soma dois pontos na tabela. Mas o time da casa teve todas as chances para vencer, porque chegou a abrir a vantagem de dois gols. O primeiro saiu aos 40 minutos, quando Luciano passou por três adversários e tocou na saída do goleiro. O time de Barueri ameaçou reagir no segundo tempo, mas num descuido da defesa o Rio Claro ampliou, de novo, com Luciano, aos 16 minutos. O Barueri se atirou ao ataque e na base do entusiasmo chegou ao empate nos últimos minutos. Thiago Umberto diminuiu aos 42 minutos com um chute forte e empatou, aos 47 minutos, com o zagueiro Anderson Marques. Na sexta rodada, o Rio Claro, sem Gerson e Daniel Rossi que receberam o terceiro cartão amarelo, vai a Santo André encarar o time da casa. O jogo acontece no próximo domingo às 17 horas. O Barueri recebe no mesmo dia e hora, outro caçula do Estadual, o Sertãozinho. Ficha técnica: Rio Claro 2 x 2 Grêmio Barueri Rio Claro - Luiz Henrique; Gerson (Dener), Andrei e Wagnão; Baiano, Vieira (Douglas Peruíbe), Daniel Rossi, Renan e Adãozinho; Vidinha e Luciano. Técnico: Paulo Roberto. Grêmio Barueri - Oliveira; Edylton (Marcos Dias), Anderson Marques, Fábio Luis e Bosco; Ivan, Zeziel (Luciano Gigante), Júlio e Nenê Miranda; Marciano (Thiago Umberto) e Pedrão. Técnico: Sérgio Soares. Gols - Luciano, aos 40 minutos do primeiro tempo; Luciano, aos 16, Thiago Umberto, aos 42, e Anderson Marques, aos 47 minutos do segundo tempo. Árbitro - Paulo Roberto Ferreira. Cartão amarelo - Gerson, Vieira, Daniel Rossi, Oliveira e Luciano. Renda - R$ 25.640,00. Público - 1.047 pagantes. Local - Estádio Augusto Soares Filho, em Rio Claro (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.